Cobertura do festival T in The Park 2013

17 jul, 2013

Pessoal, no último final de semana aconteceu o famoso festival escocês T in The Park. Infelizmente, desta vez, eu (Kaká) não pude ir, mas consegui uma correspondente de peso, a jornalista Camile Liguori, para cobrir o evento para o zbra.fm. O que ela fez competentemente.

Nos próximos quatro posts (preferi dividi-los), vocês irão se deliciar com os textos da nossa correspondente e, claro, morrer de inveja – branca – da Camile.  Enjoy!!!

Por Camile Liguori

Em 2013, o sempre molhado T in The Park não tem do que reclamar! O festival escocês, que costuma sofrer com as fortes chuvas do verão europeu, foi presenteado com um final de semana ensolarado em sua edição comemorativa de 20 anos, que aconteceu entre os dias 12, 13 e 14 de julho nos campos de Balado, Kinross.

O sol e o calor também foram os principais responsáveis por aquecerem as vendas de ingressos, que começaram mais fracas que o normal e chegaram a preocupar a organização. A mídia local culpou a recessão na economia, mas diversos frequentadores assíduos afirmaram que o line up desse ano, que contou com nomes como Mumford and Sons, Rihanna e The Killers, deixou a desejar.

Como primeira experiência em festival gringo, acho que escolhi bem. O T in The Park é extremamente organizado e as informações mais importantes – onde comprar ingressos, onde ficar e como chegar – estão bem detalhadas no site oficial. Todas as dúvidas que tive ao longo do caminho também foram solucionadas rapidamente com a ajuda do pessoal da fanpage do evento.

O público, no geral, está em uma faixa etária bem novinha, entre os 18 e 22 anos. A forte presença dessa juventude desvairada, louca por uma farra de verão, faz com que algumas cenas clássicas sejam corriqueiras – gente vomitando, trançando as pernas e fazendo xixi em tudo quanto é canto. Além da faixa “teen”, também vi muitas famílias reunidas. Pai, mãe, avô, avó e crianças de colo, todos acampando e aproveitando o final de semana cheio de sol e música.

A maior parte do público vem do Reino Unido, mas foi bem fácil encontrar americanos, poloneses, franceses e até um ou outro grupo de brasileiros. Os escoceses eram de longe os mais empolgados e atenciosos! Estavam sempre dispostos a ajudar, principalmente quando me perdia dentro do enorme descampado do festival (o que acontecia com certa frequência, mesmo com a ajuda do mapa). Eles também me indicaram diversas bandas locais que não conhecia e que deveria conferir, como foi o caso do The Proclaimers, Twin Atlantic e The LaFontaines.

Para quem não sabe o T in The Park acontece desde 1994 e o nome do festival vem de seu maior patrocinador, a cervejaria escocesa Tennents. Nunca tinha experimentado a marca e achei até bem saborosa.

Dentro da área VIP, tive a oportunidade de conhecer uma das representantes comerciais da Tennents e ela me contou que a marca está com uma importante reunião marcada no Brasil para outubro, ou seja, quem sabe logo menos não teremos a oportunidade de experimentar a cerveja por aqui e ainda curtir a nossa própria versão do T in The Park?!


Share

Deixe um comentário